Skip to content

Rio Tinto – Vermelho paixão

As Minas de Rio Tinto localizadas em Espanha evocam imagens de um deserto. Embora nunca tenha estado propriamente num, este local faz-me lembrar as suas paisagens áridas ainda que repletas de belos cenários fotográficos.

Comenta comigo alguém que já lá esteve que o maior engano de todos é pensar que o deserto é estéril e sem vida, um local onde não se passa nada (pois estas são as primeiras sensações que nos invadem). Nada mais errado. Partindo desta premissa, assim é nas Minas de Rio Tinto. A qualquer altura vemos algo de novo e diferente.

É contudo necessário um olhar atento e uma dose de criatividade para perceber como formas se revelam aos nossos olhos. Parece que estamos mesmo noutro planeta. Pelas suas cores diria Marte. Na verdade, apesar da devastadora atividade mineira ao longo dos anos, o local está repleto de vida e endemismos. Tanto assim é que a NASA tem lá uma estação de estudos para simular a vida em Marte, dada a similaridade dos ecossistemas.

Por isso gosto de achar que este local é um paraíso fotográfico enaltecido pelas suas características únicas. Isto para não falar nas formas e texturas que se manifestam a cada passo nosso. É quase impossível deixar de ter ideias para cenários fotográficos que até então eram apenas imaginados. Constitui igualmente um verdadeiro desafio quer em técnica, quer em visão criativa.

Única também é a sua palete cromática e bastante completa desde os vermelhos até aos amarelos, passando pelos laranjas fortes, que se manifestam pelo elevado teor de ferro nas suas águas. Encontramos também, ainda que esporadicamente, toques de verde quase esmeralda que não são mais que pontos de oxidação de cobre. Esta paleta fica completa com o contraste dos céus azuis ou cinzentos. Não interessa! Ali, qualquer cor contrasta bem com o vermelho.

É portanto um destino fotográfico inovador, desafiante e que acima de tudo potencia o lado criativo de cada um, em que a imaginação é literalmente o único limite. Entre formas, texturas e detalhes singelos, há ainda a complexidade das paisagens feitas à mão durante séculos de atividade mineira com as quais a natureza teima em competir ganhando o seu espaço próprio e onde até podemos encontrar, imagine-se, cascatas. Nisso, o Rio Tinto, é indubitavelmente surpreendente.

Vai decorrer um Photo Tour neste local durante o mês de Outubro. Para mais informações: http://www.soniaguerreiro.com/phriotinto

No comments yet

Deixe o seu comentário...

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: